10 dicas para não descontar a ansiedade na comida

10 dicas para não descontar a ansiedade na comida

my-portfolio

"A ansiedade aciona a capacidade de resolução de problemas e isso demanda uma quantidade de energia que deve ser reposta com inteligência e responsabilidade", explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Coaching de pais: Super dotado
20 razões para você ter um cachorro
As melhores formas para se combater a ansiedade

Ansiedade x Comida

A ansiedade é fogo. Nossos pensamentos viajam em busca de uma resposta para o momento aflitivo que estamos vivendo, mas a grande realidade é que, bem lá no fundo estamos sofrendo com um desejo que ainda não se realizou.

No fim das contas, o que nos resta é buscar um pouco de prazer e o mais aceito, mais fácil e também, muito gostoso é comer. Por isso, vamos com calma nessa hora. Conheça 10 dicas para escapar desta armadilha:

1. Caminhe por 15 minutos

Tá, a gente sabe que sair andando por aí pode não ser tão divertido quanto comer uma panela de brigadeiro, mas o exercício pode ser exatamente o que você precisa para lidar com o estresse. Além de ser uma atividade incrível para o corpo, ela libera endorfina no corpo, o hormônio que causa a sensação de bem-estar e diminui o estresse. Fora que pegar um pouco de sol e ar puro são remédios naturais contra essa sensação. Quando você sentir muita vontade de comer tudo o que vê na sua frente, respire fundo e dê uma volta no seu bairro. Você vai perceber como o efeito é o mesmo (mas essa opção é muito mais saudável).

2. Descasque uma mexerica

A gente nunca falou (nem nunca vai falar) que parar de descontar a ansiedade na comida significa parar de comer. Pelo contrário. O que a gente quer é que você crie uma relação saudável com o que come e como come. E a própria comida pode ajudar no hábito de desestressar. Segundo estudos, descascar uma fruta cítrica como uma mexerica ou laranja é muito relaxante – você tem que parar o que está fazendo e usar as duas mãos. Além disso, o cheiro cítrico é conhecido por ser um calmante natural. Transforme essa pausa em um momento de relaxamento completo: descasque a fruta em um padrão espiral e inspire e expire profundamente no processo. E coma cada gomo com calma, aproveitando o sabor.

3. Arrume o seu espaço

Eu já comentei algumas vezes por aqui que a bagunça causa um barulho mental – muitas vezes a gente nem percebe que ele está lá! Quando você se sentir ansiosa e desesperada por uma barra de chocolate, olhe ao redor e arrume a sua bagunça. Faça uma pausa para organizar o seu quarto ou arrumar a sua mesa de trabalho. O alívio vai ser imediato.

4. Desenhe! (ou use um livro de colorir)

Há alguns anos, os livros de colorir viraram uma febre e por um motivo: eles são uma ótima forma de desestressar. Se você conseguir, tire alguns minutos para fazer rabiscos em uma página (vale de tudo, ok?) ou pinte um livro de colorir – existem até versões de bolso hoje em dia. Mas não se julgue ou se cobre: a ideia é você usar desse momento de descanso para clarear a mente e não criar mais uma preocupação. O objetivo, aqui, é você ocupar as mãos e distrair a sua cabeça.

5. Tome um banho longo

Deixe a água morna cair nas costas, respire fundo, use os seus sabonetes preferidos, e simplesmente relaxe por um tempo embaixo do chuveiro.

6. Dance!

Coloque aquela música animada que você ama e dance! Além de ser um exercício incrível, você desestressa, tira a tensão do corpo e se diverte no processo. Melhor do descontar a ansiedade na comida, certo? (por mais que comer uma porção generosa do seu doce preferido seja incrível também)

7. Tome um chá de camomila

A camomila é muito conhecida por ter propriedades calmantes e é um ansiolítico natural. Faça uma pausa de cinco minutos para apreciar uma xícara quentinha (no inverno, é maravilhoso) e aproveite o momento para respirar fundo e colocar a mente no lugar.

8. Medite

A meditação é um santo remédio para a ansiedade – além de melhorar a concentração e ajudar no desenvolvimento da inteligência emocional. Existem aplicativos incríveis que podem te ajudar, se você não tem ideia de como começar a meditar, e contam com programas de alguns poucos minutos para você relaxar. Vale a experiência!

9. Teste uma nova receita saudável

Você vê milhares de vídeos de culinária diariamente no Facebook, porque não experimentar uma delas? Escolha uma opção e coloque a mão na massa! O processo de cozinhar é terapêutico e você cria um apetite saudável enquanto cozinha. Na hora de comer, você sabe que vai raspar o prato porque está com fome e fez algo gostoso para você e não porque está consumida pela ansiedade. A gente até já mostrou por aqui algumas receitas de sobremesas para comer sem culpa, se você precisar de inspiração.

10. Pense no futuro

A questão de descontar a ansiedade na comida é que você tenta remediar imediatamente uma sensação que tem. A comida não dura muito tempo no organismo e o efeito do açúcar no corpo é rápido – ou seja, essa é uma solução totalmente temporária e muito pouco efetiva. Quando sentir vontade de comer, pare um segundo e pense: o que te deixaria satisfeita por mais de três minutos? Acredite se quiser, segundo as pesquisas esse é o tempo de duração do prazer que sentimos sempre que comemos uma guloseima que amamos ou as tais ‘comfort foods’, as comidas que confortam.

A ansiedade aciona a capacidade de resolução de problemas e isso demanda uma quantidade de energia que deve ser reposta com inteligência e responsabilidade, explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo e psicoterapeuta da Clínica de Comportamento e Saúde.

No mais, se você sentir que não tem condições de mudar os seus hábitos sozinha, peça ajuda. A ansiedade é uma doença mental altamente debilitante e você merece viver com tranquilidade e passar os seus dias sem esse peso nas costas. E você também merece comer coisas gostosas porque quer e não porque precisa compensar alguma coisa, ok?

Equipe Comportamento e Saúde (SuperEla)

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0