Coaching de Pais: Bullying

Coaching de Pais: Bullying

my-portfolio

"O bullying é um problema muito sério, pois a vítima desta violência fica marcada por toda a vida", explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Coaching de Pais: Birra
Coaching de Pais: Menstruação
Coaching de Pais: Limite

Bullying

O Bullying é um problema muito sério. Por definição é a prática de violência física ou psíquica, que pode ocorrer em qualquer ambiente (clube, trabalho, família, igreja, escola ou nas redes sociais).

Este sério problema costuma deixar marcas profundas nas crianças e jovens, e estas marcas podem perdurar por toda a vida.

“Uma criança que sofre bullying por anos é vitima de um grave crime que compromete a vida para sempre”, afirma a Dra. Daniele N. Tubini, que reforça a importância da criação da lei anti-bullying.

Fique atento aos sinais

Os pais conseguem perceber algumas mudanças no filhos, pois são vários os sinais:

  1. Sinais físicos – machucados, cortes, roupas rasgadas;
  2. Sinais psíquicos – dores de cabeça frequentes, dores de barriga, medo de ir para a escola, ou até mesmo faltar à aula; chegar em casa com fome, pode parecer solitário, deprimido, infeliz;
  3. Sinais emocionais – parecer chateado, descontente, infeliz, solitário, choroso e até estressado;
  4. Sinais comportamentais – irritabilidade, perda de apetite, pesadelos, fazer xixi na cama.

Uma coisa tem que ficar clara, a vítima de bullying apresenta alguns sinais que são possíveis ser vistos, mas os piores de todos são os sinais invisíveis: sentimentos de culpa, de impotência, de covardia, de perda de orgulho e de medo. Essa vítima, nos casos mais graves, pode ameaçar ou cometer um suicídio.

Bullying em Coaching de Pais

No trabalho de Coaching de Pais é investigado todo esse processo da bullying com a criança e é preparada uma solução personalizada para os pais saberem como agir, porque o importante é saber que é necessário ter ação imediata para neutralizar de forma menos nociva os efeitos da violência contra a criança.

Por isso, se este problema ocorrer na escola, a ação do pais deve ser procurar a direção, expor o problema e cobrar soluções com relação à essa violência. Depois disso, é fundamental iniciar a psicoterapia de imediato para se traçar um plano de ação que vise solucionar o problema e impedir que traumas se instalem de maneira profunda e em seguida é avaliar/efetuar a troca da escola.

Veja um vídeo explicativo da Dra. Daniele N. Tubini

Imagem de Amostra do You Tube

Equipe Comportamento e Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0