16 maneiras de criar vínculo com as crianças

16 maneiras de criar vínculo com as crianças

my-portfolio

"É durante a experiência que vivemos junto de alguém que se criam memórias comuns e é neste processo que nascem o vínculo e a cumplicidade, especialmente quando feito com leveza e alegria", explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

“Obsessão” por dinossauros aumenta a inteligência infantil
Os filhos crescem, mas eu não vejo. Para onde eu olho?
Cuidar dos filhos pode levar à exaustão

Amigos para sempre

Vivemos muito ocupados hoje em dia e, às vezes, a gente acredita que o vínculo entre os familiares acontece naturalmente, mas a verdade é que isso exige um certo esforço. Você certamente já faz várias coisas para mostrar o seu amor como carinho e ler um livro antes de dormir. Mas, caso você precise de dicas para fortalecer seu vínculo, aqui vão elas. Veja:

1. Toque no seu bebê em todas as chances que tiver. Assim você consegue mostrar para ele que sempre está por perto para o que precisar.

2. (Como um espelho) Seu bebê aprendeu um novo truque como dobrar a língua, fazer raspadinha ou dizer algo? Imite ele. Eles ficam animados com isso e é como se vocês fossem um só time.

3. Dê comida um para o outro. Quando seu filho conseguir segurar uma colher, deixe ele tentar te dar na boca, se ele errar, finja surpresa e sorria!

4. Deixa ele te fazer um novo penteado. Não importa como fique, mostre que você se sentiu chique, tire uma foto e poste (se tiver coragem). Só lembre-se de ficar longe das tesouras!

5. Faça uma massagem. No rosto, nos pés, nas costas. Mesmo que seja por cinco minutos antes de dormir. Ele se sentirá calmo e seguro.

6. Olhe as estrelas. Aponte às constelações que você sabe, é livre, pode inventar! “Aquela parece a Peppa Pig.”

7. Brinquem na chuva. Se não tiver trovão nem relâmpago, desafie seu filho a correr lá fora, pular nas poças, pegar pingos de chuva com a boca e cantem muito.

8. Desenhem juntos. Livros de colorir voltados para adultos reduzem bastante o estrese, algo que crianças fazem desde sempre.

9. Façam perguntas entre si. Sobre o que seu filho gosta e não gosta e repita o que ele disse, pra mostrar que você está ouvindo e que se importa com aquilo.

10. Transforme a hora do banho em hora do spa. Quando ele crescer mais um pouquinho, acenda velas, coloque óleo de banho na banheira e relaxem.

11. Brinque de 3 verdades 1 mentira. Pode ser na hora de jantar. Pergunte três verdades e uma mentira sobre o dia dele tentem adivinhar qual é qual. Acredite, muitas risadas virão.

12. Façam uma viagem espontânea. Sem desculpas de trabalho, pegue seu filho na escola em uma sexta-feira e vá para a praia.

13. Faça um concurso de talento. Quem ri primeiro? Quem canta melhor? Mimica de desenho também é engraçado e divertido.

14. Cozinhem juntos. Talvez você passe mais tempo limpando a cozinha, mas isso também pode ser divertido se fizerem juntos.

15. Vídeo de boa noite. Se você não chegar a tempo ou estiver viajando. Grave um vídeo de boa noite, vale até contar uma história!

16. Conte sobre o dia que ele nasceu. Com descrições detalhadas, desde as primeiras dores ao trabalho de parto. Como chegaram no hospital, o nome do médico, a primeira coisa que as pessoas falaram depois que ele nasceu. Mostre algumas fotos e não esqueça de falar que foi o melhor dia da sua vida.

O impacto no comportamento e na saúde

“É durante a experiência que vivemos junto de alguém que se criam memórias comuns e é neste processo que nascem o vínculo e a cumplicidade, especialmente quando feito com leveza e alegria”, explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo e psicoterapeuta da Clínica de Comportamento e Saúde.

Essas memórias que você cria é que vão sustentar, empoderar e encorajar o seu filho.

Equipe Comportamento e Saúde (Pais&Filhos)

 

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0