Como se alimentar no outono-inverno e manter a forma?

Como se alimentar no outono-inverno e manter a forma?

my-portfolio

Com toda certeza precisamos deixar o corpo mais aquecido, mas devemos ficar muito atentos às quantidades consumidas, explica Dani Caparros, nutricionista.

Fala Bebê!!!
Coaching de Pais: Síndrome de Down
Coaching de Pais: Sexualidade

Com a diminuição da temperatura, o organismo gasta um pouquinho mais energia para manter-se aquecido e isso reflete totalmente na nossa alimentação. É comum que a nossa vontade de comer alimentos quentes e calóricos aumente. Contudo, o ideal é não abusarmos, já que o gasto de energia apesar de ser maior não é tão maior assim! Controlar o consumo irá evitar acúmulo de gordura corporal e você não irá se desesperar quando o frio for embora.

Nessa época, devemos ter um cuidado especial também com o nosso sistema imunológico para evitar aparecimento de gripes e problemas respiratórios, com isso, é importante consumir alimentos ricos em vitamina C, selênio, zinco.

É possível aliar a vontade de se manter aquecido e obter energia para o organismo com a alimentação saudável, sabendo substituir os alimentos ricos em açúcares e gorduras por alimentos com maior oferta de nutrientes. Veja:

  • Consumir chás, seja de hortelã, camomila, erva-doce, canela, chá-verde… Os chás além de auxiliarem na elevação da temperatura corporal, trarão diversos benefícios para o organismo como aumento do metabolismo e melhora no sistema digestório, dentre outros:
  • Substituir chocolates ao leite por chocolates com elevada % de cacau (70 a 80% cacau) também é uma opção para as pessoas que não querem deixar este alimento de lado. Deve haver atenção à quantidade consumida, pois apesar de mais saudável, ainda é muito calórico:
  • Consumir sopas caseiras de legumes cozidos, leguminosas e até com carnes bovinas, de aves e ovos, ajudarão a aquecer o corpo do frio:
  • Consumir frutas frescas, principalmente as cítricas (laranja, acerola, carambola, kiwi, morangos, maracujá, limão) para extrair o máximo de vitamina C em benefício do organismo;
  • Não deixar de lado a hidratação, pois apesar de não sentirmos tanta sede, o organismo continua eliminando líquido e precisa da reposição para manter as funções fisiológicas;
  • Dar maior preferência à verduras e legumes cozidos em substituição aos crus;
  • Utilizar preparações mais aquecidas, por exemplo: leite quente ao invés de gelado.

Não é tão difícil manter uma alimentação saudável em tempos de frio não é mesmo? Basta se adequar e substituir os alimentos.

Impacto do comportamento na saúde

A especialista Dani Caparros explica que, “Nessa época, com toda certeza precisamos deixar o corpo mais aquecido, mas devemos ficar muito atentos às quantidades consumidas. A sensação de fome não é proporcional ao aumento do gasto energético e nesse caso, quando acaba o frio, a gordura fica. Comendo um pouquinho, mantendo hábitos adequados e seguindo essas dicas, manteremos um peso saudável para o ano todo”.

Equipe Comportamento e Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0