Crise da meia idade afeta a ansiedade das mulheres

Crise da meia idade afeta a ansiedade das mulheres

my-portfolio

Na meia idade é notório como o nosso corpo é bem mais sensível às emoções, especialmente as emoções negativas, afirma o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Ausência do pai afeta a saúde dos filhos mais do que se imaginava
Ter um cão faz bem à saúde
7 sinais de que você está com esgotamento mental

Ansiedade x Meia idade

No início, podem ser náuseas e falta de sono, e na sequência podem evoluir, vieram palpitações constantes, tremedeira nas pernas e falta de ar. Estes e outros incômodos afetam uma variedade de mulheres e podem ser sintomas da crise de meia idade.

Na urgência, ocorre a tentativa ilusória de controlar o problema, através de sedativos na forma de ansiolíticos, mas no Centro de Informação de saúde é fato que mulheres com mais de 50 anos e com ansiedade crônica representam mais de um terço de todas as admissões hospitalares, geralmente após um grave ataque de pânico.

Ansiedade

A ansiedade é uma condição mental caracterizada por uma incapacidade de parar de se preocupar com o futuro, na medida em que a vida do dia-a-dia é afetada. Ela também é a grande responsável por diversos problemas orgânicos e mentais. Veja:

  • Insônia,
  • Vertigem/tontura,
  • Palpitações,
  • Pressão alta,
  • Estresse e
  • Ataques de pânico.

As causas são diversas, pois a ansiedade pode surgir de repente, mas também pode ser desencadeada por problemas financeiros e alterações hormonais, até mesmo com a chegada da menopausa. É comum que as pessoas se preocupem com algo de tempos em tempos, mas o tipo de ansiedade debilitante que pode levar à hospitalização é mais grave. Acredita-se que 3 milhões de pessoas no Reino Unido são afetadas por esse tipo de ansiedade grave, de alguma forma.

A Dra. Nigel Campbell, especialista em doenças mentais, disse que “a ansiedade é uma resposta natural a determinados estímulos. Um exame, falar em público ou dificuldades financeiras são exemplos. A aposentadoria é um gatilho comum para a ansiedade – combinando preocupações financeiras, a mudança de status e o afastamento da rotina diária. A ansiedade toma conta do corpo com adrenalina e estimula respostas de luta ou fuga”, descreveu.

Impacto no comportamento e na saúde

“Um fator importante a ser destacado na meia-idade é que a projeção de futuro nem sempre é positiva. Isso é cruel, pois nem sempre conseguir ver o lado positivo desta fase. O outro fator fundamental da meia idade é que passamos a perceber como o nosso corpo é sensível às emoções, especialmente as emoções negativas. A combinação destas duas realidades é dura. É fundamental darmos um tempo para nós mesmos, elaborar novos objetivos de vida e para isto ser mais eficiente nada melhor do que umas boas horas de psicoterapia”, esclarece o Dr. Sandro Tubini, psicólogo e psicoterapeuta da Clínica de Comportamento e Saúde.

Equipe Comportamento e Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0