Cuidar dos filhos pode levar à exaustão

Cuidar dos filhos pode levar à exaustão

my-portfolio

"As crianças possuem uma energia quase que inesgotável e um desejo enorme de explorar o mundo, por isso é comum alguns pais se desesperarem nos finais de semana", explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Meu filho não me respeita e agora?
Pais devem permitir que os filhos adolescentes transem em casa?
Os filhos crescem, mas eu não vejo. Para onde eu olho?

Padecer no paraíso

Pois é, ao nos verem cuidando dos filhos, é comum escutar de algumas pessoas que “ser mãe é padecer no paraíso”, pois parece que o ditado reflete exatamente a realidade, pois hoje existe um nível de estresse chamado “burnout” e no caso da exaustão relativa aos filhos o termo ficou conhecido como “burnout parental”, nome da síndrome que surge quando os pais ficam sobrecarregados em excesso.

Estresse (Síndrome do Burnout)

Você já deve ter ouvido falar da síndrome de burnout, um estado de exaustão emocional, mental e física causado pelo estresse excessivo e contínuo. Ela costuma ser associada a ambientes de trabalho muito tensos, que exigem demais do profissional.

Agora, uma pesquisa da Universidade Católica de Louvain, na Bélgica, constatou que pais e mães também podem sofrer desse mal, justamente pelos cuidados que os filhos demandam – é o que tem sido chamado de “burnout parental”.

Os pesquisadores analisaram 2 mil adultos e concluíram que 12% deles estavam sofrendo com um alto nível de burnout parental. Os índices variaram de 11,6% para pais e de 12,9% para mães. Essa porcentagem apresentava altos níveis de exaustão, abatimento e sentimento de incompetência.

O impacto no comportamento e na saúde

De acordo com o estudo, o burnout parental não é apenas cansaço e estresse, mas também pode estar relacionado à depressão, vícios e outros problemas de saúde, por se tratar de uma condição emocional angustiante.

“As crianças possuem muita vontade de viver e um desejo enorme de explorar o mundo, por isso é comum alguns pais se desesperarem nos finais de semana”, explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Especialistas alertam, contudo, que é um erro colocar a culpa por esse esgotamento nas crianças, já que os sintomas surgem, geralmente, quando a tarefa de cuidar dos filhos acaba sendo somada a várias outras. O ideal, portanto, é estabelecer prioridades.

Equipe Comportamento e Saúde (SempreFamilia)

 

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0