Educação financeira será matéria curricular nas escolas

Educação financeira será matéria curricular nas escolas

my-portfolio

A escola tem o objetivo fundamental de preparar cognitivamente o ser humano para a vida na sociedade, explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Coaching de Pais: Menstruação
Coaching de Pais
Coaching de Pais: Namoro infantil

Crianças e jovens aprenderão como lidar com seu dinheiro nas escolas públicas.

Garantia para o futuro financeiro

Está em andamento um projeto sobre educação financeira para crianças e jovens nas escolas. Os ensinos básico, fundamental e médio teriam matérias direcionadas a ensinar como os futuros trabalhadores poderão administrar seu dinheiro com consciência. A sugestão já está sendo avaliada por um conselho de representantes de escolas públicas e privadas.

A meta é que o projeto seja implantado em até três anos em mil escolas. Educadores e profissionais da área apontam para o perigo do “analfabetismo” financeiro da sociedade. A ideia é incentivar a preocupação com a própria renda na população desde pequena, fazendo entender os impactos das próprias ações na economia em geral.

O impacto no comportamento e na saúde

“A escola tem o objetivo fundamental de preparar cognitivamente o ser humano para a vida na sociedade, por isso é muito importante a transmissão de conhecimento sobre a principal ferramenta do homem moderno, que é o dinheiro”, explica o Dr. Sandro Tubini (psicólogo e psicoterapeuta da Clínica de Comportamento e Saúde).

Equipe Comportamento e Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0