Mulheres que comem muitas frutas e legumes previnem doenças

Mulheres que comem muitas frutas e legumes previnem doenças

my-portfolio

As mulheres jovens que comem muitas frutas e verduras preservam suas artérias e reduzem em 40% o risco de aterosclerose na idade adulta. Mulheres saud...

Ranking das escolas particulares de São Bernardo do Campo
“Obsessão” por dinossauros aumenta a inteligência infantil
Mentira compulsiva é problema que tem solução

As mulheres jovens que comem muitas frutas e verduras preservam suas artérias e reduzem em 40% o risco de aterosclerose na idade adulta.

Mulheres saudáveis

Um estudo sobre alimentação que teve início a mais de 20 anos chega ao fim e afirma a importância da alimentação saudável feita à base de frutas e legumes. Neste estudo realizado em duas décadas, as mulheres consumiram de oito a nove porções de frutas e vegetais por dia em uma dieta de 2.000 calorias, contra três a quatro porções do grupo de controle.

Uma porção corresponde a uma taça de frutas frescas ou um prato de legumes. Veja a posição do Dr. Michael Miedema (Instituto do Coração Minneapolis), autor do estudo:

  • “Os resultados deste estudo apoiam a hipótese de que o desenvolvimento de placas nas artérias é um processo que começa cedo na vida e pode ser retardado com uma dieta saudável em uma idade jovem”;
  • “Quando você é jovem, adquire seus hábitos alimentares. Portanto, é importante saber que as boas escolhas alimentares têm efeitos benéficos ao longo da vida”.

Os resultados desta pesquisa são consistentes com as recomendações do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, segundo o qual um adulto que consome 2.000 calorias por dia deve comer 280 gramas de vegetais e 280 gramas de frutas, uma quantidade significativamente maior em comparação com a dieta média americana.

No entanto, essa dieta não produz os mesmos efeitos benéficos em homens, afirmam os autores da pesquisa, tema de uma apresentação na conferência anual do American College of Cardiology (ACC), realizada neste fim de semana em Washington. O Dr. Miedema observa que outros estudos sugerem que uma dieta rica em frutas e vegetais tem efeitos menos positivos em homens jovens, sem que haja uma “explicação biológica válida”.

Equipe Comportamento e Saúde (uol.com.br)

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0