Orgasmo estimula mais o cérebro do que quebra-cabeças

Orgasmo estimula mais o cérebro do que quebra-cabeças

my-portfolio

A ciência nos comprova de forma empírica o que nossos ancestrais já sabiam, que o sexo é mágico e que nenhum outro estímulo consegue-o substituir, explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Dormir bem deixa as pessoas menos medrosas
Você tem vergonha de amar?
Ser grato ajuda a viver melhor e mais feliz

Sexo mágico

Depois do surgimento da Doença de Alzheimer se tornou comum vermos um pessoal circulando com palavras-cruzadas debaixo do braço para prevenirem-se da tão temida doença, é que eles ainda não sabiam do principal exercício para o cérebro, o orgasmo.

O Dr. Barry Komizaruk (especialista em psicobiologia, Universidade Rutgers, EUA) nos explica que:

  • “Os exercícios mentais melhoram a atividade cerebral, mas somente em regiões relativamente localizadas. O orgasmo ativa tudo”;
  • “No orgasmo vemos um tremendo aumento do fluxo sanguíneo (para o cérebro)… Isso trás todos os nutrientes e oxigenação para o cérebro”;
  • “Nós virtualmente ainda não sabemos nada sobre o prazer. É importante saber como o cérebro o produz”.

Impacto no comportamento e na saúde

“No desenvolvimento da humanidade, o sexo e o prazer sempre foram considerados divinos, por isso muitos rituais espirituais envolviam o ato sexual e isto ocorre até nos dias de hoje, haja visto o conhecido ritual do casamento. O casamento nada mais é que um ritual religioso onde a entidade máxima divina nos permite unirmos em corpo e alma com outra pessoa para alcançarmos juntos o estado máximo de prazer. Hoje em dia, este significado se perdeu um pouco, mas a ciência surge para nos comprovar de forma empírica o que nossos ancestrais já sabiam, que o sexo é mágico e que nenhum outro estímulo consegue-o substituir”, esclarece o Dr. Sandro Tubini (psicólogo e psicoterapeuta da Clínica de Comportamento e Saúde).

Equipe Comportamento e Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0