Os componentes essenciais para uma noite de amor

Os componentes essenciais para uma noite de amor

my-portfolio

Para qualquer situação da vida é necessário o foco e o tempo para se preparar mentalmente. Isso é fundamental para nortear nossa alma, explica o Dr. Sandro Tubini, psicólogo.

Palmada educa? Pais devem conhecer consequências
Por que nossos filhos estão precisando tanto do divã?
Ranking das escolas particulares de São Bernardo do Campo

Ritual de preparação

Por isso é importante que se saiba que existem uma enorme gama de ações que podem ser tomadas na vida: algumas são perfeitas no trabalho, mas péssimas para um encontro a dois, pois ao acionarmos a adrenalina, ela comprime os vasos sanguíneos e atrapalha o rendimento do homem. Veja:

Motivação

Não vá para a cama com alguém se não tiver mesmo motivado por um forte desejo (ou se estiver muito cansado).

Dê um tempo

Depois de tirar a roupa, dê um tempo. Descubra novos pontos eróticos. As pessoas que limitam a relação a um encontro genital só aproveitam 30% do potencial que ela oferece. Um desperdício.

Tranqüilidade

Fique em paz com o corpo. Curta de verdade, pequenos prazeres, como um belo banho. Pratique exercícios. Se der, submeta-se de vez em quando a uma sessão de massagem.

Selecione

Fuja de mulheres castradoras. Uma de suas características é que, em vez de aproximar-se do homem, competem em tudo com ele. Satisfação e prazer não combinam com este tipo.

Confiança

Fracasso ocasionais não significam impotência. O importante é não começar a “brigar” com o pênis. Nem marcar um próximo encontro só para provar que funciona.

Otimismo

Não se julgue no fim da linha se, aos 45 anos, notar que as respostas do corpo a estímulos eróticos não são tão imediatos quanto eram aos 20. Conheça o novo ritmo e vá em frente.

Cuidados

Depois dos 50, o uso de certas vitaminas, como a E, pode ajudar a libido. Fale com seu médico. E se ele achar que nessa idade já não fica bem se preocupar tanto com este assunto, troque de médico.

Tratamento

Quando tiver algum problema com o desempenho, tente conversar com um psicólogo. Guardar segredos sobre isso é o mesmo que alimentar fantasmas com caviar.

Equipe Comportamento e Saúde (Moacir Costa, psiquiatra).

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0