As patologias que são inimigas de sua libido

As patologias que são inimigas de sua libido

my-portfolio

Para um rendimento sexual inesquecível é fundamental que o corpo esteja sadio, esta é uma das regras básicas da natureza. Entenda o por quê.

Você tem vergonha de amar?
Ser grato ajuda a viver melhor e mais feliz
Dormir bem deixa as pessoas menos medrosas

As patologias inimigas de sua libido

Isto é meio óbvio. Em uma supergripe fica difícil estar disposto para o sexo e isto é o que ocorre quando apresentamos um quadro patológico em nossa vida, fica mais complicado essa disposição. Veja algumas doenças comuns e como elas podem afetar o seu prazer.

Patologias

Tireóide desregulada

  • Hipertireoidismo e hipotireoidismo influenciam diretamente em sua libido. Se você está desanimada demais ou inquieta e ansiosa, tire a dúvida fazendo um exame de sangue.

Remédios tarja preta

  • Remédios para transtornos como depressão e ansiedade, além da própria doença, trazem diminuição da resposta sexual e, portanto, do seu tesão.

TPM

  • Na verdade é culpa da progesterona. Após a ovulação, este hormônio inunda o corpo para preparar o organismo para uma possível gravidez e assim, proteger o feto (mesmo que ele não exista). Esta onda deixa você desanimada e com todos os sintomas conhecidos da TPM.

Colesterol alto

  • Tanto nos homens quanto nas mulheres, o sangue tem que ser bombeado de maneira correta para que chegue aos órgãos sexuais para que eles tenham lubrificação e excitação. O colesterol alto pode dificultar o fluxo de sangue pelo corpo, impedindo o funcionamento correto dos órgãos e, consequentemente, bombardeando a sua libido.

Diabetes

  • A maior concentração de açúcar no sangue de quem tem diabetes pode engrossar as paredes dos vasos comprometendo o fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais. Assim como quem tem colesterol alto, há a baixa da libido ou até a falta dela.

Estresse, Ansiedade e Depressão

  • As doenças da mente tais como o estresse, ansiedade e depressão (dentre outras) constantes prejudicam nossa forma de interpretar e lidar com a realidade e compromete toda a rede de estímulos mentais e físicos que são necessários para a atividade sexual. Quem consegue pensar em transar depois de uma briga com o chefe ou depois de bater o carro?

 

Equipe Comportamento e Saúde

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0